Auto Uai Blog
Suspensão: como conservar essa parte tão importante do seu carro?

Você sabia que suspensão ruim não compromete apenas a vida útil do seu carro, mas também te deixa mais exposto a acidentes de trânsito? A suspensão é a grande responsável pelo conforto ao dirigir e pela estabilidade do veículo. Ela é capaz de corrigir as irregularidades da pista, reduzir os impactos que a mesma produz quando está em más condições e, assim, evitar que algum problema grave aconteça. Todo o seu sistema é composto por: molas, amortecedores, barra estabilizadora, bandeja, coxins, etc. Por isso, quando algumas dessas peças apresentam danificações, é necessária a troca, pois, o mau funcionamento de uma, afeta o desempenho de todas as outras.

Mas afinal, quais os sinais que o carro apresenta quando a suspensão está ruim?

É importante lembrar que os problemas na suspensão são gradativos e, o que acontece na maioria das vezes, é que a troca não é feita no momento certo, pois o motorista acaba se acostumando com esse desconforto. Portanto, é necessário que outra pessoa, de preferência um mecânico, observe os sinais de falhas, para identificar se o problema realmente é na suspensão.  Entre os indícios de más condições das peças, estão:

  • Ruídos fortes;
  • Desgaste irregular dos pneus;
  • Instabilidade na direção;
  • Vazamento de óleo;
  • Molas danificadas (com a redução da altura do carro ou em estado de ferrugem);
  • Rodas sem estabilidade;

Com isso, vale frisar que a troca e a manutenção das peças são essenciais para uma maior durabilidade do veículo, e segurança do motorista. Existem algumas medidas para que você possa prolongar a vida útil das peças que compõem o sistema de suspensão, como:

  • Pesquise e certifique qual o tipo de suspenção mais adequada para seu carro e para o tipo de solo que você costuma circular com maior frequência;
  • Verifique a quilometragem do veículo, a maioria dos mecânicos recomendam a manutenção desse sistema depois de 50 mil km rodados
  • Não exceda o peso. Um dos grandes problemas que levam a danificação da suspensão é o elevado peso transportado e, isso se agrava ainda mais quando as condições do percurso não estão favoráveis;
  • Reduza a velocidade em estradas esburacadas. As más condições já ocasionam um grande impacto no sistema de suspensão, porém, em alta velocidade o problema só piora, pois além das peças em si, o pneu também sai muito prejudicado.

Muitas pessoas adiam a manutenção quando apenas uma simples pecinha estraga. Contudo, quando uma não se encontra em boas condições, ela interfere diretamente no bom desempenho de todas as outras. Com isso, na hora que a “coisa ficar feia”, o espanto de quantos itens deverão ser trocados será grande. Por esse motivo, não adie a manutenção do seu veículo, verifique todas as condições e, caso necessário, troque as peças danificadas para garantir um maior conforto e segurança para você e todas as pessoas no trânsito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *
Assine nossa newsletter
CONTATO
(35) 3021-3060
atendimento@autouai.com.br